AS VEIAS ABERTAS DA AMERICA EDUARDO GALEANO PDF

Open Veins was written by a novelist in the vivid prose of a novel and the history takes many liberties, making it more like historic fiction. On pg. A quick check of Wikipedia shows various reports and investigations claim that between 1, and 3, Open Veins was a title in the Hugo Chavez Book Club; the Venezuelan strongman surprised President Barrack Obama with a copy in How does one rate a book like this, which suffers from even a rudimentary understanding of economics e. Score a 2 or 3 for Galeano writing in a lyrical way.

Author:Kak Nelar
Country:Hungary
Language:English (Spanish)
Genre:Marketing
Published (Last):9 July 2019
Pages:385
PDF File Size:13.7 Mb
ePub File Size:14.51 Mb
ISBN:763-7-87985-879-4
Downloads:9182
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Mooguzshura



Leitura imperdнvel para aqueles que gostam, querem ou precisam entender a Histуria da Amйrica Latina. As veias abertas da Amйrica Latina, de Eduardo Galeano, foi publicado pela primeira vez em e editado em praticamente todos os paнses do continente, vбrios paнses da Europa e nos EUA.

Na obra o autor propхe um inventбrio dos anos da histуria do continente retratando as suas principais bases: a economia agrнcola e mineradora dominada pelo mercado internacional, com o objetivo de gerar lucros para a potкncia dominadora; a pobreza social como resultado de um sistema econфmico externo e excludente, que privilegia uma minoria financeiramente capaz de integrar-se aos padrхes de consumo; a opressгo de governos centralizadores contra as minorias, produzindo genocнdios e o caos social; a exploraзгo do trabalho e as pйssimas condiзхes de sobrevivкncia para a grande maioria de sua populaзгo.

Num relato informal, para entender a histуria e a atual situaзгo da Amйrica Latina, Galeano narra os fatos fora de uma seqькncia cronolуgica, fazendo com que passado e presente conversem entre si na mesma obra, determinando o ponto de vista do autor: o continente foi e й peзa importante no enriquecimento de poucas naзхes, e o preзo que paga por isso й o seu subdesenvolvimento crфnico, suas eternas crises sociais e seu status de colфnia.

A riqueza das potкncias й a pobreza da Amйrica Latina, diz Galeano em certa passagem do livro. O livro mostra como os espanhуis e portugueses chegaram аquelas terras virgens no sйculo XV e se aproveitaram das riquezas que o continente possuнa. Os espanhуis, fixados desde o planalto mexicano atй os Andes, tiveram sorte e encontraram ouro e prata nas primeiras andanзas.

Os portugueses, ocupando a faixa litorвnea do Oceano Atlвntico, tiveram de construir um impйrio colonial а base da cana-de-aзъcar enquanto nгo encontravam os metais. Embora em бreas diferentes, a tфnica da exploraзгo foi a mesma: trabalho forзado, agressгo fнsica, enriquecimento, opressгo colonial. Os espanhуis encontraram dois exйrcitos de mгo-de-obra disponнveis: os нndios astecas no Mйxico e os incas no Peru. Estas civilizaзхes, para o autor, retratam o carбter do domнnio colonial: socialmente e militarmente evoluнdas, foram destruнdas nas minas e com o trabalho forзado nas mitas e encomiendas.

Jб os portugueses, depois de tentar a exploraзгo dos нndios nos engenhos de aзъcar e nгo obter sucesso, transformaram-se no maior traficante de negros mundial. Vindos da Бfrica, os negros deixavam а forзa seus reinos para, em terras brasileiras, ser escravos e motor da produзгo aзucareira. Apуs narrar a glуria desses centros produtivos de riqueza colonial que, como faz questгo de ressaltar, nгo ficava na Espanha e nem em Portugal: destinava-se a pagar as dнvidas que estes paнses tinham com a potкncia que lhes roubaria o domнnio econфmico da Amйrica: a Inglaterra, Galeano traz a exploraзгo para o presente e fala da decadкncia dessas regiхes.

Citando a teoria marxista da divisгo do trabalho entre operбrio e patrгo, Galeano afirma que enquanto a Europa era o cavaleiro que levava as glуrias, a Amйrica era o cavalo que fazia todo o serviзo. Apesar de longo, encontramos na obra de uma linguagem simples, nгo-acadкmica, que atrai o leitor. O autor procura compreender o processo de formaзгo da regiгo, discutindo os vбrios interesses existentes, desde as contradiзхes internas, atй a postura do imperialismo britвnico e norte americano, dedicando inclusive alguns capнtulos ao Brasil.

Trecho do livro Em , Tъpac Amaru sitiou Cuzco. Este cacique mestiзo, descendente direto dos imperadores Incas, encabeзou o movimento messiвnico e revolucionбrio de maior envergadura. A grande rebeliгo estourou na provнncia de Tinta. Montado em seu cavalo branco, Tъpac Amaru entrou na praзa de Tugasuca e, ao som de tambores e pututus, anunciou que havia condenado а forca o corregidor real Antonio Juan de Arriaga, e dispфs a proibiзгo da mita de Potosн.

A provнncia de Tinta estava ficando despovoada por causa do serviзo obrigatуrio nos socavгos de prata da montanha. Poucos dias depois, Tъpac Amaru expediu um novo comunicado pelo qual decretava a liberdade dos escravos. Aboliu todos os impostos e o repartimiento de mгo-de-obra indнgena em todas suas formas.

Os indнgenas se juntaram, aos milhares, аs forзas do " pai de todos os pobres e de todos os miserбveis e desvaliados ". А frente de seus guerrilheiros, o caudilho lanзou-se sobre Cuzco. Marchava pregando seu credo: todos os que morressem sob suas ordens nesta guerra ressuscitariam para desfrutar as felicidades e riquezas de que tinham sido despojados pelos invasores.

Sucederam-se vitуrias e derrotas; no fim, traнdo e capturado por um de seus chefes, Tъpac Amaru foi entregue, amarrado com correntes, aos espanhуis. Em seu calabouзo, entrou o visitador Areche para exigir-lhe, em troca de promessas, os nomes dos cъmplices da rebeliгo.

Tъpac Amaru repondeu-lhe com desprezo: "Aqui nгo hб mais cъmplice que tu e eu; tu por opressor, e eu por libertador, merecemos a morte". Tъpac Amaru foi submetido a suplнcios, junto com sua esposa, seus filhos e seus principais partidбrios, na praзa de Wacaypata, em Cuzco.

Cortaram-lhe a lнngua. Amarraram seus braзos e pernas em quatro cavalos, para esquartejб-lo, mas o corpo nгo se partiu. Decapitaram-no ao pй da forca. Enviaram sua cabeзa para Tinta. Um de seus braзos foi para Tungasuca e o outro para Carabaya. Mandaram uma perna para Santa Rosa e a outra para Livitaca. Queimaram-lhe o tronco e jogaram a cinzas no rio Watanay. Recomendou-se que fosse extinta toda sua descendкncia, atй o quarto grau.

BSNL CHANDIGARH DIRECTORY PDF

Eduardo Galeano

Eduardo Galeano nasceu em Montevidйu, Uruguai, no dia 3 de setembro de Acabou exercendo trabalhos diferenciados, como caixa de banco e datilуgrafo. Em , Eduardo Galeano mudou-se para a Espanha, por causa da crescente violкncia da ditadura argentina. Nesse mesmo ano voltou ao Uruguai.

ERGONOMIA 4 PEDRO MONDELO PDF

Eduardo Galeano | 8 livros para download em PDF

Doshicage From the eve, the gap expands. History in Latin America. This book would be better in English. I still need a little help with Spanish so this was a good effort.

AD574 DATASHEET PDF

As Veias Abertas da América Latina

.

LIM YUNG KUO PROBLEMS AND SOLUTIONS ON ELECTROMAGNETISM PDF

As veias abertas da Amйrica Latina, de Eduardo Galeano

.

Related Articles